Autoconhecimento Vida Cristã

Sabedoria. Uma ligação entre a Mulher e o Equilíbrio

25/11/2016
sabedoriafeminina

Mulher, eis o segredo do equilíbrio: reconhecer sua natureza pecaminosa, e, em Cristo vencê-la.

O pecado de Eva está diretamente relacionado a um problema de autoconhecimento. Ao crer na sugestão da serpente e desejar “ser como Deus”, Eva abandonou o conhecimento de si em favor de um objeto mental fruto de sua imaginação, uma imagem de si mesma transformada em ídolo, por onde desejou experimentar o prazer da admiração que ela tinha por Deus agora direcionada a si mesma. Ela desejou eliminar a distância entre aquele objeto impossível e o próprio ser, e isso acabou por destruí-la. Eva quis abandonar a realidade em busca de algo impossível e falso.
Semelhantemente, nós, quando nos convertemos, devemos reconhecer nossos defeitos e nosso status de criatura depravada, porque essa é a realidade a respeito de nós mesmos. A humildade é fruto de uma análise realista de nós mesmos, sem devaneios mentirosos como aquele proposto pela serpente a Eva.
“Todo aquele que se vê profundamente acabrunhado e consternado pela consciência de sua miséria, pobreza, nudez, ignomínia, tem assim avançado extraordinariamente no conhecimento de si próprio.” (João Calvino)
A imaturidade e a falta de conhecimento de si, portanto, são efeitos da Queda. Todo não cristão, ao rejeitar a doutrina da depravação total, rejeita parte do conhecimento de si mesmo. Nosso autoconhecimento não pode ser efetivo sem o conhecimento de Deus também, contra qual somos postos sob julgamento diante de um padrão moral revelado e absoluto. Especialmente porque a Escritura parte de pressupostos revelados da própria mente de Deus, a qual nos conhece como somos. O homem não-cristão, em contrapartida, sempre foge da realidade. – Vitor Barreto

A Escritura diz para a mulher que se ela for sábia edifica sua casa, se for tola, com suas próprias mãos a destrói (Pv.14:1). Também diz que a mulher tola é alvoroçadora; é insensata, e não conhece o pudor (Pv.9:13). Para o homem, a Escritura diz que é melhor morar só, no fundo de um quintal, do que dentro de uma mansão com uma mulher murmuradora e briguenta (Pv. 21:9,19). Também diz para o homem atentar para as palavras de sabedoria, para que preserve o bom senso, diz que a sabedoria também o livrará da mulher imoral, da pervertida que visa seduzir (Pv. 2:16).  — A Escritura diz para que homens e mulheres sejam sábios, tementes a Deus, assim, ambos ficarão longe de pessoas imorais e desequilibradas, sendo possível constituir uma vida saudável, e caso queiram, uma família abençoada.

A nossa busca por sabedoria é um chamado, o mundo tenta o tempo todo interromper nossa ligação. Lembre-se:

”O temor do SENHOR é a chave da sabedoria e conhecer a Divindade é alcançar o pleno sentido do conhecimento!” (Provérbios 9:10)

O feminismo tenta acusar a Bíblia de machista porque ela pede à mulher sabedoria, o movimento te chama para militar por suas causas insanas; o homem mundano acusa a Bíblia de moralista porque ela pede à ele sensatez, o mundo te chama à doidivanas. A que chamado você irá atender? Seja sábia, amadureça, volte seus olhos para Deus, busque-O, ouça a Sua voz, conheça a si mesmo, apegue-se a Escritura. Sola Scriptura!

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe uma Resposta