Diário de Um Feto

Filhos do Trauma – Aborto em Caso de Estupro

02/12/2016

Toda vez que o assunto da descriminalização do aborto ressurge, os casos de gravidez em decorrência de estupro passam a ganhar o centro da discussão. É praticamente impossível falar de aborto sem que a mulher, vítima do trauma, seja usada como álibi do posicionamento favorável a legalização do crime. Inclusive, é um dos maiores trunfos dos militantes pró-aborto, eles usam o trauma da vítima para sensibilizar as pessoas à se posicionarem em favor da descriminalização em qualquer circunstâncias. Foi exatamente assim que as feministas americanas, em 1973, conseguiram legalizar o aborto diante do Supremo Tribunal dos Estados Unidos. O famoso caso ficou conhecido como: “Roe x Wade“. Nesse caso, “Jane Roe” afirmou buscar uma operação de aborto quando ficou grávida depois de ser violentada por vários homens. Anos mais tarde, Norma McCorvey, a mulher que usou o nome de “Jane Roe”, reconheceu que suas advogadas feministas inventaram toda a estória do estupro. Ela não conseguiu mais esconder a verdade porque se converteu ao Cristianismo. Hoje ela conta:

Fui uma boba que fiz tudo o que os promotores do aborto queriam. Na minha opinião, pode-se afirmar sem sombra de dúvida que a indústria inteira do aborto está alicerçada em mentiras. [1]

Então, o caso judicial de estupro usado para legalizar o aborto nos EUA foi uma fraude. Infelizmente, foi essa mentira que deu início a ”cultura da morte” naquele país. Estima-se que há uma média de 3 abortos por minuto, 180 por hora, 4.320 por dia, 30.240 por semana, 1.576.800 abortos por ano em solo americano. Hoje, as clínicas de aborto se tornaram um mercado que movimenta bilhões, são motivadas pelo lucro não apenas do procedimento em si, mas, com a venda de tecidos humanos. Não é segredo pra ninguém o escândalo envolvendo a maior multinacional do aborto: Planned Parenthood, que foi flagrada vendendo partes e orgãos dos bebês abortados nos EUA.

No Brasil, segundo o Código Penal, há duas situações previstas no art. 128 que autorizam “dar cabo à vida intrauterina”. A primeira é apenas quando não há outro meio de salvar a vida da gestante, nesse caso não se pune o aborto praticado pelo médico. A outra:

Aborto no caso de gravidez resultante de estupro
II – se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal.

Ou seja, o aborto em caso de estupro já não é mais uma discussão do ponto de vista jurídico aqui no país, visto que a lei tende a não punir uma mulher que sendo vítima de estupro, busque ajuda devida em um hospital para interromper a gravidez. A vítima pode realizar o procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Porém, muita gente ainda insiste incluir essa questão na discussão, alguns por ignorância, outros obviamente, como tentativa de sensibilizar a opinião pública para forçar a legalização da prática em qualquer circunstâncias. Diante disso, muitos cristãos acabam ficando em cima do muro por medo de serem acusados de insensíveis, e por vezes acabam relativizando o valor da vida em nome de uma “sensibilidade superficial”, carregada de ideologia política. — Existem pontos importantes a serem relevados para que isso não ocorra.

O cristão precisa ser: sal e luz (Mateus 5:13-16). Fazer a diferença neste mundo para que as pessoas encontrem a redenção e, o único meio é através de Jesus Cristo. Logo, posicionar-se a favor do aborto como solução para o trauma do estupro, não faz sentido algum para um cristão conservador. Independente das brechas na lei, interromper uma gradivez é tirar uma vida, um ato de violência, um trauma. E a violência não pode ser resolvida com mais violência, um trauma não pode trazer cura a outro trauma. Pelo contrário, pode agravar.

Além dos danos causados às trompas por possível infecção pós-aborto, que causam infertilidade (em 18 % das pacientes), o aborto pode provocar uma série de complicações. A prática do aborto criou ainda novas enfermidades como a síndrome de Asherman e complicações tardias, que poderão provocar necessidade de histerectomia (extração total do útero). Mas, dentre todos os problemas, o mais grave é a hemorragia, que transforma a nova gravidez em gravidez de alto risco, podendo levar ao óbito. Ou seja, independente do abortamento ser legalizado, ou não, os métodos abortivos são traumáticos e trazem sérias consequências à mulher.

Muito mais do que conseqüências físicas, o aborto pode provocar danos psicológicos para a mãe. O Dr. David Reardon, especialista em ética biomédica, pesquisador e diretor do Instituto Elliot de Pesquisa das Ciências Sociais, co-editor do livro: “Vítimas e Vitoriosas”, publicou em pesquisa recente, que o aborto impede as vítimas de estupro de se recuperar. Diferente do que a militância feminista afirma, sua pesquisa conclui que a maioria das mulheres que engravidam após estupro: não querem abortar, e, ficam pior depois de fazer o aborto. — Durante um período de 9 anos, o Instituto coletou o depoimento de 192 mulheres que engravidaram como conseqüência de estupro ou incesto. Nessa pesquisa, há também o testemunho das crianças concebidas nessas circunstâncias.

Apesar do trauma e, da violência em que os filhos foram concebidos, na pesquisa, a maioria das mulheres fizeram a opção pela vida. O Instituto Elliot constatou que 73% das vítimas de estupro escolheram dar a luz aos seus bebês. Em 1981, a Dra. Sandra Mahkorn conduziu a única importante pesquisa anterior de vítimas de estupro que engravidaram. De modo semelhante, ela constatou que de 75% a 85% das vítimas de estupro escolheram dar vida a seus filhos. A pesquisa mostra que praticamente todas as mulheres que realizaram um aborto lamentaram a decisão. Por outro lado, as mulheres que escolheram dar a luz, sentiram-se felizes por terem seus filhos. “Agradeço a Deus pela força que Ele me deu para atravessar os momentos difíceis e por toda a alegria dos bons momentos”, disse Mary Murray, que teve uma filha concebida num estupro.

Jamais lamentarei o fato de que escolhi dar vida à minha filha. – Murray

Da mesma forma, os homens e as mulheres concebidos em situações de estupro e/ou incesto elogiaram suas mães pela opção de tê-los. “Cristo ama todos os Seus filhos, até mesmo os que foram concebidos nas piores circunstâncias”, diz Julie Makimaa, cuja concepção ocorreu quando sua mãe foi estuprada.

Afinal, não importa como começamos na vida. O que importa é o que faremos com nossa vida. – Makimaa

O estupro é sem dúvidas um dos maiores atos de violência que alguém pode sofrer, é certo que homens, principalmente meninos, também são vítimas da violência sexual, mas, a mulher, além de ser vítima, corre o risco de gerar um filho do trauma. Por isso, toda mulher automaticamente se coloca no lugar da vítima. Aliás, de forma geral, parece que é desconfortável posicionar-se a favor do nascimento de uma criança gerada em meio a violência sexual. Isso faz com que ”os filhos do trauma” sejam  a minoria mais desprezada, e porque não dizer: odiada, do mundo. A própria lei lhes vira as costas.

Os movimentos pró-aborto, geralmente encabeçados por coletivos feministas financiados por instituições internacionais que promovem a ”cultura da morte”, usam de forma fria e desumana o trauma sofrido pelo estupro, para forçar o aborto como solução, ignorando a adoção como uma oportunidade de vida para o bebê, e, uma opção menos traumática para a mulher.

Um cristão acredita que cada indivíduo tem o seu valor. Não importa se tem sete anos, vinte, treze, ou se ainda está dentro do ventre de sua mãe. A vida é um dom de Deus. Há milhares de pessoas que têm essa convicção nessa geração, porém, as militâncias políticas ”progressistas”, parafraseando C.S. Lewis: ‘‘progressista em direção a quê?” – pois na prática não representam progresso algum; não se cansam de fazer barulho e, têm por vezes calado a voz de quem se importa. Mas,  é preciso se manifestar e deixar que outras vozes sejam ouvidas. Todo cristão precisa ficar atendo a isso, lembrar que a prática do aborto, além de promover a desvalorização da vida, é também um ato de extrema violência, não apenas contra o corpo da mulher, mas, também contra a vida que será interrompida.

Existem inúmeros casos de mulheres que mesmo tendo a opção de abortar fizeram a difícil escolha de dar a luz aos filhos do trauma. Na maioria das vezes elas criam seus filhos e, se tornam militântes em favor da vida. Um exemplo de coragem, fé e amor.

É uma questão extremamente difícil, delicada, mas, que carece de nossas orações. Assim como da nossa atuação, tanto em suporte às vítimas, como em defesa do inocente. Não fique constrangido em posicionar-se em favor da vida. O amor não pode esfriar.

Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. Mateus 24:12,13

[1] Cf: http://cwfa.org/library/life/1999-12_pp_a-history.shtml 


Você pode gostar também

36 Comentários

  • Resposta more info 22/10/2020 em 7:57 AM

    You have brought up a very fantastic points , thankyou for the post.

  • Resposta koffiemolen tips 22/10/2020 em 6:46 AM

    Wow, marvelous weblog format! How lengthy have you been running a blog for? you make blogging look easy. The entire look of your site is wonderful, as well as the content!

  • Resposta thuoc tri tieu chay 22/10/2020 em 5:15 AM

    You have a good blog and I liked this post. I will be looking forward to your future posts. Keep up the good work.

  • Resposta click for more 20/10/2020 em 4:06 PM

    Im obliged for the post.Much thanks again. Fantastic.

  • Resposta kevin david masterclass 20/10/2020 em 9:35 AM

    Looking around I like to browse in various places on the internet, often I will go to Stumble Upon and read and check stuff out

  • Resposta ����� ����� ����� 20/10/2020 em 8:21 AM

    to be shared across the web. Disgrace on the seek engines for now

  • Resposta Sex with me 19/10/2020 em 12:39 PM

    It’а†s in reality a great and helpful piece of information. I am satisfied that you just shared this helpful info with us. Please keep us up to date like this. Thanks for sharing.

  • Resposta wsop free chips 16/10/2020 em 1:56 PM

    It as wonderful that you are getting ideas from this article as well as from our discussion made here.

  • Resposta Guatemala 15/10/2020 em 8:51 PM

    This blog is really awesome and diverting. I have found many helpful stuff out of it. I ad love to return again soon. Cheers!

  • Resposta CronosFit 15/10/2020 em 6:30 PM

    Thanks for the article.Really thank you! Fantastic.

  • Resposta ayuda PFC de arquitectura 15/10/2020 em 5:11 PM

    Well I truly enjoyed reading it. This tip offered by you is very practical for accurate planning.

  • Resposta IELTS Test centre in Karachi 14/10/2020 em 8:34 AM

    This very blog is without a doubt interesting additionally amusing. I have discovered a lot of interesting advices out of it. I ad love to return every once in a while. Cheers!

  • Resposta HGOT 061 14/10/2020 em 7:30 AM

    Wow! This can be one particular of the most beneficial blogs We ave ever arrive across on this subject. Basically Great. I am also an expert in this topic therefore I can understand your hard work.

  • Resposta RV Remodeling 13/10/2020 em 9:42 AM

    News info I was reading the news and I saw this really interesting topic

  • Resposta fluxus iptv 12/10/2020 em 5:01 PM

    I simply could not depart your site prior to suggesting that I actually loved the usual information a person supply on your visitors? Is gonna be back often in order to inspect new posts.

  • Resposta instapot reviews 12/10/2020 em 3:51 PM

    I?d must test with you here. Which isn at one thing I usually do! I enjoy studying a put up that will make people think. Additionally, thanks for permitting me to remark!

  • Resposta explore 12/10/2020 em 2:39 PM

    Way cool! Some extremely valid points! I appreciate you writing this write-up and also the rest of the website is extremely good.

  • Resposta Lines Don't post 12/10/2020 em 1:29 PM

    In absence of Vitamin E and Gotu Kola extract may be of some help to know how to

  • Resposta link 12/10/2020 em 8:18 AM

    It is my opinion other website proprietors ought to choose this blog being an model,really cool great straightforward style,Too since information.You are an expert inside this subject!

  • Resposta 쏘걸 12/10/2020 em 7:58 AM

    I think this is one of the most important information for me.
    And i am glad reading your article. But want to remark on some general things,
    The web site style is perfect, the articles is really excellent :
    D. Good job, cheers

  • Resposta check this info 12/10/2020 em 7:10 AM

    Is it only me or do a few of the responses look as if they are written by

  • Resposta Nutrición deportica 11/10/2020 em 8:42 PM

    make men and women think. Also, thank you for permitting me to comment!

  • Resposta Tattoo Artist 09/10/2020 em 9:16 PM

    Major thankies for the blog. Really Cool.

  • Resposta click here 09/10/2020 em 8:05 PM

    Your style is so unique compared to other people I have read stuff from. Thank you for posting when you ave got the opportunity, Guess I all just book mark this site.

  • Resposta have a look at 09/10/2020 em 6:54 PM

    This web site really has all of the info I needed about this subject and didn at know who to ask.

  • Resposta 토토사이트 07/10/2020 em 1:20 PM

    Major thanks for the blog.Really looking forward to read more. Great.

  • Resposta cyprus 07/10/2020 em 12:12 PM

    wow, awesome blog article.Really thank you! Keep writing.

  • Resposta 온라인카지노 05/10/2020 em 12:18 PM

    I think this is a real great blog article.Really looking forward to read more. Want more.

  • Resposta modern chandliers 05/10/2020 em 11:04 AM

    It as not that I want to copy your web site, but I really like the design and style. Could you tell me which style are you using? Or was it especially designed?

  • Resposta 관전클럽 05/10/2020 em 9:53 AM

    Sweet blog! I found it while surfing around on Yahoo News. Do you have any tips on how to get listed in Yahoo News? I ave been trying for a while but I never seem to get there! Cheers

  • Resposta to get more information 02/10/2020 em 5:30 AM

    Thanks so much for the blog post.Much thanks again. Much obliged.

  • Resposta Best Market Reviews 01/10/2020 em 11:14 AM

    thank you for all your efforts that you have put in this. Very interesting info. Truth sits upon the lips of dying men. by Matthew Arnold.

  • Resposta this information 01/10/2020 em 9:16 AM

    write about here. Again, awesome website!

  • Resposta 부커취 30/09/2020 em 1:19 PM

    Some genuinely excellent articles on this website , thanks for contribution.

  • Resposta más información 30/09/2020 em 11:41 AM

    Your means of describing the whole thing in this post is really good, all be able to easily understand it, Thanks a lot.

  • Resposta cbd washington dc 28/09/2020 em 2:49 PM

    caGFJI This very blog is no doubt educating additionally informative. I have picked helluva helpful advices out of it. I ad love to return again soon. Thanks a lot!

  • Deixe uma Resposta

    Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.